Para que serve o endosso de seguro

Com certeza você já deve ter ouvido falar sobre endosso, mas sabe — de fato — o que significa?

Endosso é um meio de se transferir uma propriedade de título.  Na linguagem do seguro, é o documento expedido pela seguradora durante a vigência da apólice, o qual tem por objetivo alterar, modificar ou transferir dados do contrato de seguro.

Se você vai vender seu carro segurado, por exemplo, deve ser feito um endosso para a transferência do seguro para o novo dono. Parece complicado, mas não se preocupe. Este processo parecerá mais simples ao final do texto.

Para que serve o endosso de seguro

Quando acontece o endosso?

Qualquer alteração nas condições do contrato de seguro gera um endosso como, por exemplo: substituição de veículo, inclusão de garantia adicional, alteração nas características do condutor e uso do veículo.

O cálculo de endosso é feito pelo corretor da seguradora, pois ele tem acesso à plataforma que realiza o processo.

Esta conta é elaborada em função das condições e dos prêmios vigentes à data de alteração do contrato de seguro. O segurado deverá procurar seu corretor para alterações que queira realizar em seu contrato de seguro.

Dentre os principais motivos para realização do endosso de seguro, podemos citar:

  • Exclusão ou inclusão de coberturas;
  • Alteração do endereço do segurado;
  • Transferência do seguro;
  • Troca de veículo no meio da duração do tempo de contrato;
  • Alteração sobre informações relativas à circulação com o automóvel, por exemplo: mudança de emprego;
  • Troca de situação para guardar o veículo, por exemplo, passou da condição de passar a noite na rua para uma garagem.

Vale lembrar que qualquer endosso de seguro pode ocasionar alterações nos valores pagos inicialmente, pois, mudam-se as condições contratadas, o que pode surtir efeito para mais ou para menos no valor.

Como acontece o endosso?

De forma geral, o endosso se atêm à mudança de proprietário, não de cobertura.

Em alguns casos, pode gerar alterações nas condições do seguro, no valor da franquia e/ou no prêmio do seguro, podendo acarretar cobrança adicional de prêmio ao segurado.

Não é permitido, contudo, endosso para inclusão/exclusão da cobertura colisão e incêndio (se achasse uma explicação pra isso, seria legal).

É importante ter ciência de que o prêmio ou a restituição referente ao endosso não implica a suspensão do pagamento das parcelas originais da apólice.

Caso exista algum dado que deva ser modificado em sua apólice como, por exemplo, local de estacionamento, nome do principal condutor ou mudança de endereço, isso também é categorizado como endosso. Neste caso, é válido verificar se é melhor fazer um endosso ou um novo seguro.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *