Por que ter um seguro automóvel é importante?

| Autor: Smartia Seguros Online

Tem se perguntado se vale mesmo a pena contratar um seguro de automóvel? Então, acompanhe o texto e saiba porque essa proteção é tão importante!

Muitas são as pessoas que decidem poupar em alguns aspectos da sua vida cotidiana, aspectos com os quais elas deveriam ser mais cuidadosas.

A escolha por fazer ou não um seguro auto, por exemplo, deve ser sempre tomada de forma consciente.

Afinal de contas, ter um seguro de carro é fundamental para o seu dia a dia. É essa proteção que previne prejuízos do usuário e garante facilidade em resolver problemas com o veículo.

Apesar das vantagens relacionadas à proteção do auto, cerca de 70% dos motoristas brasileiros acredita que fazer o seguro de um carro é desnecessário.

Alguns dos argumentos para essa decisão são:

  • Todos os seguros de automóveis são muito caros;
  • Equipamentos antifurto são sempre eficazes, e vão evitar o roubo do carro;
  • Em caso de acidente, o seguro não traz grandes vantagens.

Porém, quem se informa melhor vê que estes argumentos perdem força com uma rapidez avassaladora.

Considerando os vários tipos de cobertura disponíveis para um seguro, o usuário logo descobre que elas podem sair por valor bem em conta.

Também é possível descobrir que, nem sempre, medidas de segurança são suficientes para proteger um bem.

Nesse sentido, é fácil perceber que o automóvel deve estar protegido da melhor forma possível, mesmo que isso indique a criação de mais uma despesa.

Deste modo, com a eventualidade de um infortúnio, o investimento feito no seguro fará com que as suas perdas sejam menores, ou até mesmo nulas.

A seguir, nós indicamos o porquê de seguros de carro serem tão importantes. Continue lendo!

Por que ter um seguro automóvel é importante?

5 motivos para contratar um seguro de automóvel

1. Para evitar prejuízos

Os seguros foram criados como uma forma de evitar ou amenizar a perda abrupta de um patrimônio.

Pagando pela proteção, o usuário garante que, após um sinistro, terá total auxílio da seguradora. Desde, é claro, que o sinistro ocorrido tenha cobertura contratada.

São vários os sinistros possíveis para um carro: colisões, furto, roubo, incêndio, queda de objeto e outros.

As ocorrências podem levar à perda parcial ou integral do veículo. A perda parcial acontece quando os danos ao carro são inferiores a 75% do seu valor de mercado.

Nessa situação, a seguradora será acionada, e pagará a maior parte do prejuízo com o veículo.

Para consertar o carro após uma perda parcial, o usuário precisa pagar franquia. A franquia do seguro é o valor de responsabilidade do segurado na hora do reparo por uma oficina.

Por exemplo: seu carro sofre uma colisão, e seu conserto ficará em R$ 3 mil. Como a franquia do seu seguro é de R$ 500, você pagará R$ 500 à oficina. Já a seguradora irá arcar com os R$ 2.500 restantes.

Já em uma perda integral, o veículo sofre danos superiores a 75% do valor do carro. Nessa situação, o usuário recebe o valor total de indenização, para a compra de um novo veículo.

Não é necessário arcar com franquia após uma perda integral.

Nos dois tipos de perda com o carro, o consumidor tem o seu prejuízo diminuído consideravelmente, ou até eliminado.

Assim, em vez de pagar caro após um sinistro, pode ser bem mais interessante pagar pelo seguro.

Afinal, após qualquer ocorrência, os gastos com o carro serão da seguradora, e não do motorista.

2. Assistência 24 horas

Grande parte das seguradoras oferece serviços de assistência 24 horas ao usuário. Com eles, é possível obter auxílio em caso de pane seca ou elétrica, pneu furado, guincho ou mais.

Em vez de resolver sozinho a estes incômodos, o segurado pode ligar à empresa de proteção e solicitar que ela resolva a situação.

3. Controle financeiro

Como já citado, a seguradora é a responsável por grande parte do prejuízo após um sinistro.

Afinal, o usuário só precisará arcar com a sua franquia. E, após a perda total, não há nenhum custo ao consumidor.

No mercado, é possível encontrar seguro auto por preços a partir de R$ 150. Considerando o quanto este pequeno valor pode cobrir, garantindo uma indenização completa, a proteção é bastante atraente.

Sem contar que o motorista consegue controlar melhor as suas finanças. Não haverão despesas de última hora com o carro: bastará quitar o seguro em dia e contar com o seu auxílio.

4. Responsabilidade com o próximo

Na hora de contratar um seguro, é possível obter a chamada cobertura para terceiros.

Por meio dela, a seguradora paga os prejuízos de outro indivíduo envolvido em sinistro com o segurado. Não apenas prejuízos materiais, mas também morais.

Essa responsabilidade com o próximo é importante, e também econômica. Terceiros que não obtém auxílio após um sinistro podem abrir processos judiciais e solicitar valores de compensação pelo ocorrido.

Nessas situações, haveria muita dor de cabeça e gastos financeiros do condutor.

5. Tranquilidade no dia a dia

Quem contratar seguro de automóvel ainda pode trafegar mais tranquilo em seu cotidiano. Afinal de contas, há a certeza de que, após um sinistro, a seguradora oferecerá auxílio.

Não apenas financeiro, mas na resolução de qualquer problema — como a indenização a terceiros.

Agora você já sabe porque contratar seguro auto é tão importante. Na hora de adquirir a sua proteção, lembre-se de avaliar com cuidado as coberturas oferecidas ao veículo.

É importante que elas atendam a todas as suas necessidades. Também vale a pena pesquisar sobre a seguradora e conversar com um corretor.

Assim, você terá a certeza de que está contratando o melhor serviço possível ao seu carro.

Aqui na Smartia são oferecidos vários tipos seguros para automóvel, a preços bem amigáveis com o seu bolso.

Solicite uma cotação online e receba ofertas com os serviços ideais para o seu carro!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *