Quais fatores que aumentam a desvalorização do carro?

fatores da desvalorização de um carro

Sempre que um carro sai da concessionária, ele desvaloriza em 20%, mas existem outros fatores que podem fazer com que seu veículo perca valor. É importante ressaltar que quando a marca do carro não é muito bem vista pelos consumidores, ao sair da concessionária, o carro pode desvalorizar mais do que o previsto. É bom ficar atento, pois, na hora de vendê-lo, você pode negociar um bom preço, caso ela esteja em boas condições.

Os carros das marcas que têm peças caras e difíceis de trocar também influenciam no valor. Geralmente, os consumidores preferem veículos que dão menos dor de cabeça e trabalho. Portanto, fique atento ao preço das peças e se a marca tem fama de má durabilidade.

Pela tabela Molicar, você pode verificar o quanto seu carro desvalorizou desde que foi comprado. Assim, você pode ter uma noção melhor do preço que poderá vendê-lo. Lembre-se também que o valor varia de um Estado para outro.

Outra coisa que pode fazer o valor do carro aumentar na hora da revenda, são os acessórios como ar condicionado, vidros e travas elétricas e som. Esses itens são muito valorizados na hora de vender seu usado. Muitas vezes, eles encarem o preço do carro zero, mas é um bom investimento na hora de revender.

O estado do carro também é um fator de peso para desvalorizá-lo, afinal, se ele estiver com grandes desgastes físicos, só conseguirá ser vendido por preços menores.

Pela tabela Molicar, o Fiat Uno é o carro que menos perde valor, já o Citroën C4 Pallas foi o que mais desvalorizou no período de um ano, entre 2012 e 2013.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*