Como estão nossas rodovias federais e estaduais?

A malha rodoviária é o principal sistema de transporte do país, com mais de 1.355.000 quilômetros responsáveis pelo transporte de 56% de todas as cargas movimentadas no Brasil. Mas, por possuir tamanha extensão, nossas rodovias federais e estaduais estão em condições bastante adversas e apresentam inúmeros problemas de sinalização, pavimentação e geometria.

Para se ter uma ideia, de acordo com a pesquisa CNT de rodovias, mais de 60% das rodovias federais apresentam problemas como estes. Por isto, antes de viajar, é preciso estar informado e atento aos trechos mais seguros e mais perigosos, para não correr riscos. Outra dica – esta para quem “pega estrada” diariamente – é entender como funciona o seguro para transporte de cargas e também garantir o seguro caminhão, que se difere em vários aspectos de um seguro auto comum.

Em nível nacional, um estudo realizado pela Polícia Rodoviária Federal e pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), considerou a BR-101 a rodovia com mais trechos perigosos do Brasil. Com 7 dos 20 trechos mais perigosos do país, a pior parte fica do km 200 ao 210, entre as cidades de São José e Palhoça, estado de Santa Catarina. A pesquisa foi feita de acordo com um índice que contabilizou o número de acidentes e sua gravidade em 2013.

Já no estado de São Paulo, o mesmo estudo identificou como um trecho bastante perigoso o Km 210 e o Km 220 da rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em Taboão da Serra (SP). Só no ano passado, foram registrados 549 acidentes, com 246 feridos e 16 mortos. A rodovia fica mais perigosa ainda do km 220 ao km 230, que registrou n ano passado 612 acidentes, com 313 feridos e 18 mortos. Pela mesma pesquisa citada acima, este trecho atinge a 3ª posição como mais perigosa.

Estado de São Paulo – A maioria das rodovias de São Paulo são estaduais; entre as principais estão a Anhanguera, Bandeirantes, Anchieta, Imigrantes, Castelo Branco, Presidente Dutra, Airton Sena e Carvalho Pinto, Regis Bittencourt, Raposo Tavares, Fernão Dias e Washington Luiz.

O Comando de Policiamento Rodoviário de São Paulo fornece a situação atualizada das estradas paulistas para quem planejou uma viagem e não quer se deparar com congestionamento nas vias estaduais em vésperas de feriado e finais de semana. Entre as informações estão as condições do trânsito, tempo e visibilidade. É possível escolher rodovias até 100 km da capita, ou acima de 100 km. Clique aqui para acessar.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*