IPI de carros novos permanecerá reduzido até o final do ano

IPI de carros novos

IPI de carros novos permanecerá reduzido

Depois do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) dos carros novos ter subido no começo do ano, o governo aumentaria mais uma vez o valor do imposto, neste mês de julho. Mas, com a pressão feita pelas montadoras devido ao resultado ruim nas vendas do setor automotivo, o ministro da fazenda Guido Mantega afirmou que manterá o preço reduzido até 2015.

Segundo a Associação Nacional das Fabricantes de Veículos, houve queda acentuada de 16,8% na produção entre janeiro e junho. As montadoras registraram queda de 5,5% nas vendas de carros no começo desse ano e a situação piorou com a chegada da Copa do Mundo no Brasil. É possível que o carnaval em março e restrições para a concessão de créditos para os consumidores foram fatores de grande influência na redução das vendas.

A medida de manter o IPI reduzido vai de encontro ao que foi proposto, pois a ideia era, aos poucos, ir aumentando o imposto para que ele voltasse ao nível original. Agora, o IPI sobre veículos de até 1.000 cilindradas vai continuar em 3%. Os carros entre 1000 e 2000 flex mantém a alíquota em 9% e os movidos a gasolina ficam em 10%.

A decisão de manter o preço do IPI de carros novos implicará em uma renúncia fiscal de R$ 1,6 bilhão, mas o valor será amenizado se as vendas de carro aumentarem nos próximos meses.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*