Carros estilizados para a Copa podem levar multa

carros estilizados

Desde que o mundial teve início, as ruas do país vêm ficando cada vez mais verde e amarelas. E a medida que a seleção brasileira avança jogos rumo ao hexa, aumenta o número de carros estilizados para a Copa com bandeiras e outros adereços, como fitas, adesivos, tapetes e capa para bancos e volante com as cores do Brasil. Mas, se por um lado o clima e as cores da seleção caíram no gosto brasileiro, por outro, alguns destes itens de decoração podem resultar em perda de pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e multa, de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito.

Entre os motivos está o fato de que não são permitidos objetos que impeçam a visibilidade no trânsito, o que é uma infração grave, na qual o motorista pode ser punido com multa de R$ 127,69. É o caso, por exemplo, das bandeiras presas nas janelas, que devem respeitar ao grau de transparência de 20%. Nos vidros da frente, que interferem direto na dirigibilidade, a transparência tem que ser de no mínimo 70%.

Bandeiras presas no capô do carro também podem ser um perigo, pois, se forem mal colocadas podem se desprender, causando sérios acidentes de trânsito. Já a capinha do retrovisor está liberada, desde que não atrapalhe a visualização do que acontece na parte posterior do carro, ultrapasse o tamanho do retrovisor, ou altere a largura do carro. De modo geral, é recomendável utilizar este e os demais adereços apenas quando o veículo estiver parado.

Também a pintura da lataria pode ser um risco, visto que deve prevalecer a cor original do carro. Segundo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), o veículo pode ser adesivado ou ter a sua superfície pintada em até 50%. Para todos os casos citados acima, a fiscalização é da Polícia Militar e denúncias devem ser feitas através do número 190.

Após o jogo, sair às ruas para fazer o tradicional “buzinaço” também pode resultar em uma dor de cabeça para o motorista, pois usar buzina prolongada e sucessivamente, entre 22h e 6h, ou buzinar em locais proibidos pela sinalização é considerado infração leve, com multa e perda de 3 pontos na carteira de habilitação, de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito.

Cuidado com assaltos – É válido não exagerar nos adereços nos carros, já que, além de chamar atenção para o veículo, a decoração acaba denunciando fatores como a idade aproximada das pessoas, profissão, quantos são os ocupantes do veículo e, muitas vezes, hábitos comuns como a paixão pelo futebol e o time do coração.

Isto facilita o trabalho de golpistas, uma vez que através da placa de um automóvel é possível conseguir o número telefônico do proprietário, entre outras informações. De modo geral, com os adesivos, também é possível obter pistas da condição social do proprietário do carro e sua rotina, propiciando sinistros como roubos de carros ou sequestros, ao darem aos criminosos detalhes sobre o proprietário do carro.

Trânsito e bebida alcóolica – Com a emoção de acompanhar os jogos do Brasil e das demais seleções, muitas pessoas se empolgam e acabam bebendo além da conta. Nestes casos, não se esqueça de garantir sua volta para casa sem dirigir ao volante, garantindo a sua segurança e a dos demais. Confira algumas dicas de apps para quem vai pegar trânsito em dias de jogo e não quer dirigir, para garantir sua cervejinha na hora do jogo.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*