Óleo automotivo: Saiba quando completá-lo ou trocá-lo

Óleo automotivo: Saiba quando completá-lo ou trocá-lo

O óleo automotivo é uma substância lubrificada e viscosa que é utilizada para a redução do atrito e para o aumento da vida útil dos componentes móveis do motor do carro. Com essa propriedade, a manutenção certa dos veículos conta como parte fundamental de seu processo, a troca e a complementação do óleo, justamente por atenuar os prejuízos provenientes do atrito de uma peça na outra, quando o motor está em funcionamento.

Entretanto, para se trocar ou se completar o óleo automotivo é preciso seguir as instruções expressa no próprio manual do proprietário do veículo, pois, esse procedimento poderá variar de carro para carro. Em geral, há dois prazos: um que se refere ao uso normal ou leve do veículo em trajetos longos e com velocidades constantes e outro que se refere ao seu uso severo, como o de carros que trafegam em grandes centros urbanos ou em estradas bruscas.

Dica: o mais adequado é que o óleo seja trocado totalmente, já que é prejudicial somente completar o óleo quando está abaixo do limite. Entretanto, a prática de complementação do óleo é muito comum no dia a dia, especialmente, por que a quantidade de óleo no recipiente sempre sobra e é aproveitada na próxima troca. Em todos os casos, para a realização desse procedimento, o mais indicado é que o motor esteja quente, já que essa é a condição mais propícia para se ter um óleo mais fluido, leve, fino e mais fácil de se retirar do motor.

Tanto para a troca, quanto para a complementação do óleo, há uma quilometragem correta indicada pela fábrica para a troca ou complementação do óleo, seguir esse marcador é fundamental, uma vez que, caso esse período seja ultrapassado, com o passar do tempo o óleo de antes vai ficando mais sujo e espesso, prejudicando sua função lubrificante do motor, trazendo danos incontáveis ao carro.  Atenção: os prazos de troca e de complementação de óleo também mencionam a troca do filtro de óleo automotivo.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*