O que fazer se o seu carro for submerso em um alagamento.

O que fazer se seu carro for submerso.

Com a temporada de calor e altas temperaturas, é importante estar atento não somente aos problemas que o sol pode causar. A chuva pode ser uma grande vilã para o motorista que por ventura, seja pego desprevenido.

Inúmeras notícias sobre carros engolidos por enchentes são frequentes no noticiário. Mas o que fazer na prática quando se é surpreendido por um alagamento e não há como escapar?

A boa noticia é que todo veículo tem como ser recuperado, ainda que fique completamente submersos ou invadidos por lama. O  grande problema é saber quando vale a pena arcar com o serviço. Os casos mais simples são aqueles em que a água entrou e só encharcou o assoalho, entrando pela porta, por exemplo. Na outra ponta, os mais complexos são os que foram atingidos com o motor em funcionamento, quando o motorista tentava atravessar um alagamento.

E o seguro cobre tudo, neste caso?

Muita gente fica sem saber se o seguro realmente cobre os prejuízos ou não. Na verdade, depende do tipo de seguro contratado, por isso, confira sua apólice.  Caso seu plano seja acobertado por seguro total, a cobertura se estende para alagamentos. Mas se for parcial, contra roubo e incêndio, por exemplo, ai o gasto deverá ser por conta do motorista.

A pessoa que tiver numa situação de “carro afogado “ deve se seguir diretamente à seguradora ou ao seu corretor de seguros para iniciar o processo de solicitação da indenização correspondente, isso no caso de contratos de seguro com cláusula de cobertura total. No caso de não ter a cobertura total, procure saber se existe algum tipo de indenização pelas perdas parciais e seu veículo.

Os mais e os menos vulneráveis
O Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) realizou um estudo sobre veículos mais vulneráveis a alagamentos, o Índice de Danos de Enchentes. Segundo o estudo, veículos que têm componentes essenciais para sua mobilidade em locais elevados têm menor probabilidade de sofrer danos em enchentes. “Existem configurações de motor que, além de possuírem suas tomadas de ar mais altas, fazem com que a água decorrente de alagamento, caso inunde o motor, seja drenada e retida ainda nele, dificultando assim seu acesso aos cilindros”, diz o estudo.

 

OS MELHORES

Fiat Doblò 1.8 flex,

Peugeot 206 1.6 flex,

Peugeot 206 SW 1.6 flex

 

OS PIORES

Mille,

Palio 1.0,

Fiesta Hatch 1.6,

Fiesta Trail 1.0,

Fiesta Sedan 1.0,

Ka 1.0,

Courier,

Fox 1.0,

Gol 1.6 (G3),

Jetta,

Zafira 2.0

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*