Consigo reembolso do seguro ao vender o carro

Consigo reembolso do seguro ao vender o carro

Contratar um seguro é algo fundamental quando pensamos em comprar um carro. Estar tranquilo acerca de qualquer problema que possa surgir, é de fato um ponto que reforça a necessidade de ter o carro segurado.

Ao vender um automóvel, passa-se toda a documentação necessária para o nome do novo proprietário. Tanto por parte do comprador como do vendedor é preciso tomar alguns cuidados para que a transferência do bem ocorra sem complicações.

O primeiro passo para avaliar se a compra vale a pena é comparar o valor de mercado do carro com o preço colocado pelo proprietário. Um dos melhores indicadores é a Tabela Fipe, que expressa os valores médios de alguns dos principais carros novos e usados vendidos no Brasil

Antes de fechar negócio, faça algumas checagens de pendências nos órgãos de trânsito competentes. No site do Detran, é possível checar se a placa do carro é verdadeira, se o carro é roubado e se não há pendências, como multas a pagar. Além de fazer a consulta no Detran, é importante checar os número do chassi, dos vidros e da placa e conferir se são os mesmos que estão no documento, que não deve estar adulterado. Os documentos verdadeiros devem ter um alto-relevo em toda a sua volta

Já no caso do seguro, o ideal é que o novo proprietário dê entrada em uma apólice em seu nome, visto que, o carro agora lhe pertence.

Agora que vendi meu caro, meu seguro será reembolsado?

O seguro pode ser endossado, o que significa que você pode fazer mudanças em sua apólice, retificando o modelo do carro, por exemplo. O valor pago não é devolvido, pois ele vigorou enquanto o carro era usado.

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*