Como funciona Seguro para Motos

Como funciona seguro para motos

Algumas pessoas tem duvidas em relação ao seguro auto, e mais ainda quando se trata de seguro para motos. A maioria das coberturas para moto se assemelham ao seguro de automóveis. É possível contratar seguro contra incêndio, roubo e furto danos a terceiros etc.
Mas a pergunta é, a partir de quantas cilindradas deve ser a moto, para que eu possa contratar o seguro?

 

O seguro de moto ainda é uma proteção de valor elevado para a maioria dos motociclistas, variando entre 30% e 40% do valor da moto. Porém, como não é conveniente deixar sua moto desprotegida, uma boa opção é o seguro específico para roubo e furto, que tem custo anual 20% menor que o preço do seguro completo.

Ou seja, o preço do seguro de furto e roubo varia entre 24% e 32% do valor da moto, dependendo de cada seguradora.

 

Porém, o seguro de roubo para motos só é feito pela a maioria das seguradoras para os modelos com mais de 300 cilindradas, e o valor do seguro também depende da região onde o cliente mora e circula com a moto, principalmente se a motocicleta for usada para o trabalho.

 

Algumas regiões metropolitanas estão na lista negra das seguradoras por conta dos altos índices de roubo, forçando as seguradoras a recusarem o seguro.

Os modelos de motos com maior aceitação e menor preço (proporcional) de seguro são as “custom” e as estradeiras. O perfil médio do usuário desses modelos contribui para cotações mais atraentes.

 

Modelos utilizados somente para hobby saem mais em conta, pois a motocicleta é usada por apenas uma pessoa, geralmente mais madura. Já motos que transitam e param próximas de faculdades sofrem aumento na apólice, pois são locais com alta incidência de roubos e furtos.  A idade do condutor é outro fator considerado crítico – e eleva o valor do seguro – geralmente essa faixa de idade é de até 24 anos.

 

Por conta do menor “poder de destruição” em relação a um carro, o valor inicial de cobertura de danos para terceiros é mais baixo. Fica por volta de R$ 20 mil para modelos de baixa cilindrada e R$ 50 mil nos de alta cilindrada.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*