As diferenças entre as coberturas de seguro auto

Quando falamos em seguro auto, é de costume associarmos por exemplo, furto e roubo como uma única opção. No ramo de seguro, existem diversas definições e diferenças entre as coberturas que podem por vezes confundir o segurado.

De acordo com a lei, o roubo é considerado um crime mais grave do que o furto. Segundo o artigo 157 do Código Penal, quem é apanhado roubando pode pegar de quatro a dez anos de prisão, enquanto quem furta tem uma pena menor, variando de um até quatro anos de prisão.

Além do furto e do roubo, ainda existe uma terceira “categoria”, comumente utilizada para tomar posse indevidamente de algo: a apropriação indébita, que ocorre quando um indivíduo pega algo emprestado e se recusa a devolver o objeto.

E quais são as coberturas para os danos de veículos segurados?

Seu seguro auto pode ser contratado nas seguintes opções:

 

  • Cobertura Compreensiva (colisão, incêndio e Roubo/Furto);
  • Cobertura incêndio e Roubo/Furto.

 

Junto com o seguro do Automóvel, você pode adicionar as coberturas abaixo:

 

  • Danos a Terceiros;
  • Passageiros;
  • Acessórios.

E ainda pode contratar cláusulas adicionais como:

 

Cobertura de danos aos vidros, lanternas e faróis e retrovisores do veículo.

Acontecendo quebra ou trinca exclusivamente com os vidros ou retrovisores, lanternas e faróis do seu veículo, você tem direito a troca ou reparo dos vidros do veículo (pára-brisa, laterais e traseiro) e dos retrovisores externos (lente/espelho e carcaça) e da lanterna e farol

Reembolso de Despesas Extraordinárias:

 Garante o reembolso de despesas que você possa vir a ter quando ficar sem o seu veículo por indenização integral, até o limite máximo de indenização.

Carro Extra:

Garante a locação de um veículo popular básico de 1.000 cilindradas por até 7, 15 ou 30 dias quando acontecer um sinistro com seu veículo.

O mais importante é estar atento antes de assinar o seu contrato, para saber claramente o que seu seguro lhe oferece.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*