Airbags e freios ABS

Airbags e freios abs

A obrigatoriedade do airbag e dos freios ABS de fábrica se tornou lei em 2009, e aos poucos vem mudando o cenário das montadoras. A partir dessa lei o assunto tornou-se mais discutido entre os consumidores, que até então pareciam não se importar muito ou até mesmo desconhecer a utilidade e benefícios de ambos. Foi estabelecido um prazo de implementação até 2014 para que todos os carros estejam dentro dos padrões exigidos, e para que 100% da frota esteja dentro dos padrões.

Nos Estados Unidos o airbag se tornou item obrigatório nos veículos em 1984, que previu a implantação gradual do sistema nos automóveis de 1987 a 1990. Já na Europa, não existe legislação que obrigue o uso do equipamento de segurança, porém todos os veículos comercializados no continente possuem o dispositivo. É raro encontrar no continente europeu veículos que possuam apenas os airbags frontais, como os que serão exigidos no Brasil, pois a maioria dos modelos possuem airbags frontais , laterais e de cortina, além de outros dispositivos de segurança.

O que o airbag proporciona na prática?

O airbag é capaz de evitar danos em caso de choques para os ocupantes do veículo, já que ele infla uma bolsa de ar que “ampara” a pessoa no caso de uma batida. Porém é essencial o uso do cinto de segurança, pois no Brasil, o airbag é projetado para o uso com o cinto, que é obrigatório no país.

E como funcionam os freios ABS?

A principal função do ABS é evitar que o carro pare bruscamente. Nos carros sem ABS, o condutor tem que alternar a força com que pisa no freio, se não, o carro em alta velocidade tem as rodas travadas, e segue derrapando por conta da inércia. Com ABS o carro mede sozinho a força aplicada nas rodas e a controla. É como se o carro regulasse a pressão no freio por conta própria.


Se você pretende comprar um carro, já pode comparar o valor entre um veículo com freios ABS e airbag e um sem estes itens. A lógica para 2014 é a mesma, já que a maioria dos modelos oferece pacotes que incluem esses equipamentos de segurança.

É importante frisar que juntamente com esses sistemas de segurança,  estão incluídos outros itens no pacote, como assistência de partida em rampa e controle de tração e estabilidade. Ao escolher o carro, o condutor deve avaliar o pacote de segurança mais completo para suas necessidades.

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*