Dúvidas, Dicas e Vantagens Sobre Carros Blindados

Vantagens Carro Blindado

Ter um automóvel nos dias de hoje é algo quase indispensável, seja ele utilizado no trajeto do trabalho para casa, para viajar ou até mesmo para uso ocasional. Porém com a violência crescente nas cidades, muitas pessoas tem procurado o serviço de blindagem de automóvel, os famosos Carros blindados.

 

Os carros blindados possuem uma blindagem que funcionam como uma “armadura” revestindo toda a lataria do carro, evitando assim que projéteis de armas de fogo penetrem em seu interior. No caso dos vidros, é instalado um especial com uma espessura diferenciada,  que também impede que o mesmo se estilhasse. Já é possível encontrar alguns modelos de veículos com blindagem de fábrica. Atualmente rodam pelo país mais de 32 mil automóveis blindados, o que faz o mercado ter um índice crescente a cada ano.

O processo de blindagem é um tanto demorado, leva cerca de 30 dias para ficar pronto. Com isso, tem crescido também o mercado de revenda de usados blindados, principalmente de concessionárias que estão aderindo a esta nova modalidade de vendas. Alguns cuidados devem ser tomados na hora de adquirir um usado com a proteção, pois todos os produtos com resistência balística são controlados pelo Exército.

 

As empresas que produzem os carros blindados, comercializam ou realizam qualquer outra transação comercial com este tipo de produto, mesmo as locadoras de veículos, precisam possuir o Certificado de Registro (CR) junto ao Exército. Sem esse documento, essas empresas funcionam irregularmente. É muito importante verificar se o revendedor possui o certificado.

 

No ranking, os modelos mais blindados são: Corolla (Toyota) Vectra (GM), Pajero (Mitsubishi), Hillux (Toyota) e Passat (Volkswagen). Os carros abaixo de 90 cv, segundo a Associação Brasileira de Blindagem, não podem ser blindados. A motorização não aguentaria a carga elevada do automóvel.

 

De acordo com a Associação Brasileira de Blindagem, os números de usuários de veículos blindados estão divididos entre: Mulheres que representam 34%, enquanto os homens são maioria, representando 66% dos usuários. A maior concentração está entre os que têm de 40 a 49 anos, geralmente executivos ou empresários. A classe artística é a segunda maior, com 7%, seguida pelos políticos e juízes (5% cada).

 

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*