Roubo de carro no Brasil.

roubo de carro no brasil

Vivendo nas principais capitais, sempre ficamos sabendo de alguma informação de roubo de carros, seja através da tv ou até mesmo de situações vividas por pessoas próximas. De acordo com um levantamento de uma empresa de rastreamento e monitoramento, os furtos e roubos de veículos no Brasil tiveram um aumento de aproximadamente 20% no primeiro trimestre deste ano, em comparação ao mesmo período de 2012. A companhia utilizou a sua base de clientes como parâmetro para aferir o número de ocorrências no País.

A Cnseg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros) divulgou que no ano de 2012, foram registrados roubos/furtos de 237.546 carros até o mês de novembro. E o modelo preferido pelos ladrões continua sendo o Gol da Volkswagen, com 39.086 unidades do modelo roubadas de janeiro a novembro de 2012.

Uma das principais motivações a esse tipo de roubo, é a busca de peças no mercado paralelo. Portanto, quanto maior for a busca por peças de um determinado modelo no mercado negro, mais chances de roubo ou sinistro ele terá.  Modelos de montadoras que têm dificuldade em repor peças; carros que costumam ter uso mais severo e precisam passar por reparos com frequência, e carros que têm alto custo de reparo em relação ao seu valor de mercado, como os carros que saem de linha, costumam ter uma maior demanda por peças e acabam sendo mais visados.

Existem diversos meios de manter seu carro protegido, como o uso de GPS e rastreadores. Porém, segurá-lo contra roubo e furto é a melhor das opções. Algumas seguradoras pagam um determinado valor caso o seu carro não venha a ser localizado ou recuperado, de acordo com a tabela Fipe, garantindo que o segurado não fique sem seu automóvel. Outras concedem um carro reserva incluindo em alguns casos motorista, até que seu carro seja encontrado.
Sem duvidas a prevenção é a melhor forma de se evitar qualquer tipo de surpresa no transito.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*