Cinco dicas para contratar o seguro do seu carro

Smartia - Cinco dicas para contratar o seguro do seu carro

 

Pintaram dúvidas na hora de fazer o seguro do seu carro? A Smartia te dá uma ajudinha

Por que os valores mudam tanto de acordo com a seguradora? Qual a cobertura ideal para o meu perfil? Informar que uso trancas no volante ajuda a baixar o custo? Estas e outras dúvidas são mais comuns do que se imagina na hora de contratar um seguro de carro. E o pior é que, por falta de conhecimento (ou mesmo paciência para preencher detalhadamente o formulário da cotação), muitas vezes o motorista acaba desistindo de contratar o seguro ou acaba fechando uma apólice que não cobre completamente as suas necessidades.

Para que você possa contratar sua cobertura com mais segurança, preparamos um pequeno guia, baseado nas dúvidas mais comuns de nossos clientes. E lembre-se, você pode contar com a Smartia na hora de contratar o seguro do seu carro.  Faça uma cotação online e garanta o melhor preço e a melhor cobertura.

1 – Não se precipite e garanta a melhor escolha.

É muito importante que você conheça todas as opções de seguro disponíveis no mercado e compare qual é a ideal para o seu veículo. Com a Smartia você compara os preços e as coberturas oferecidas por oito seguradoras em um só lugar, de forma simples e rápida.

2 – Escolha a cobertura ideal para o seu perfil.

A pior coisa que pode acontecer com um motorista é sofrer um acidente ou ter seu carro roubado, correto? Não. Pode ser pior ainda se o seu seguro não cobrir tudo o que você espera, na hora que mais precisa. Isso acontece, muitas vezes, porque o motorista não conhece bem o tipo de cobertura contratada para o veículo. A abrangência das coberturas é dividida, basicamente, em dois tipos: completas (colisão, incêndio, enchente, roubo e furto) e parciais (que cobrem apenas colisões e furto, por exemplo). Existem ainda coberturas opcionais, que incluem itens como assistência 24 horas, guincho e carro reserva.

3 – Conheça os tipos de franquia e escolha a opção certa.

A franquia é a participação obrigatória do segurado em caso de sinistros. A maioria das seguradoras oferece dois tipos de franquia: a normal e a reduzida. Entenda:

Com a franquia normal, o segurado participa com um valor estabelecido para o veículo, de acordo com a sua categoria tarifária. Já com a franquia reduzida, o dono do veículo participa com a metade do valor da franquia normal. No entanto, pode a contratação desta modalidade porde acabar encarecendo a apólice de seguro, uma vez que a seguradora arca com um valor maior do que a franquia normal em caso de sinistro.

Exemplificando: um motorista sofre um sinistro de R$ 4.000,00 e aciona seu seguro. Caso ele tenha contratada a franquia normal estipulada em R$2.000,00, o segurado pagará esse valor e a seguradora, os R$2.000,00 restantes. Caso o motorista tenha a franquia reduzida estipulada em R$1.000,00, o motorista arcará com esse valor e a seguradora ficará responsável pelos R$3.000,00 restantes.

4 – Equipamentos de segurança reduzem o preço.

Sistemas antifurto e rastreadores dificultam o desaparecimento de veículos roubados e, consequentemente, impedem que caiam em desmanches ilegais. Com isso, o risco da seguradora diminui e o preço do seguro acaba sendo reduzido.

Já as famosas trancas de volante não são capazes de impedir a ação de ladrões e, por conta disso, não influenciam em nada o valor do seguro.

5 – Seja preciso na hora de contratar um seguro.

Para obter desconto nas apólices, muitas pessoas omitem informações a respeito do veículo e situações de uso. No entanto, quando é preciso acionar o seguro, as informações divergirem e a seguradora pode não arcar com os prejuízos do segurado. Portanto seja bem específico na hora de detalhar o seu perfil e do seu veículo para que não tenha surpresas se precisar acionar o seu seguro.

 

Agora que você sabe um pouco mais sobre contratação de seguro para o seu carro, faça uma cotação online em nosso site e descubra a melhor opção para você proteger seu carro. Conte conosco!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*