Traduzindo o “segurês” 2

Hoje continuamos a listar alguns dos termos utilizados no mundo dos seguros,  muitos deles incompreendidos. Vamos do I ao L:

IMPORTÂNCIA SEGURADA – É o valor estipulado para o patrimônio ou às conseqüências econômicas do risco, para o qual o segurado deseja a cobertura de seguro. Também pode ser entendido como o limite de responsabilidade da seguradora. Também conhecida como Capital Segurado, Quantia Segurada e Soma Segurada.

INDENIZAÇÃO – Pagamento do benefício previsto no contrato, depois de efetivação do risco.

INSPEÇÃO PRÉVIA – É realizada por peritos habilitados, que quantificam e qualificam os potenciais prejuízos que podem ser sofridos pelo bem segurado. Por ser requerido ou não pela Seguradora.

LAUDO DE AVARIA – Relatório de inspeção para verificar danos preexistentes no veículo segurado, constatados na vistoria prévia. Poderão ser excluídos da apólice assim que consertados, mediante nova vistoria prévia.

LAUDO DE VISTORIA PRÉVIA – Relatório de inspeção feita para verificação da existência do veículo e de suas características externas (tais como número do chassi e eventuais avarias aparentes), antes da formalização do seguro.

LIMITE DE ACEITAÇÃO – É o limite máximo, ou mínimo, de valor segurado que pode ser aceito pela seguradora, seja por imposição legal, política interna de negócios ou por limitação do ressegurador ou cossegurador.

LIMITE MÁXIMO DE INDENIZAÇÃO – Valor máximo de indenização para evento coberto pelo seguro ocorrido na vigência da apólice.

LIQUIDAÇÃO DE SINISTROS – Expressão usada para indicar, nos seguros dos ramos elementares, o processo para apuração do dano havido em virtude da ocorrência do sinistro, dano esse suscetível de ser indenizado.

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *.

*
*